Não sei se por estar nesta área, não sei se por alguma questão cultural ou educacional, mas pessoalmente sempre senti uma grande necessidade de desenvolver a minha aprendizagem através da formação.

Sinto que, de uma forma algo similar, assim como uma mulher desvaloriza a sua imagem após ter sido mãe, os profissionais descuram a sua aposta na formação e educação após terem entrado no mercado de trabalho.

Quando alguém tem necessidade de contratar um profissional há vários factores em causa. Para além da experiência profissional e dos resultados atingidos, a educação e formação são necessariamente avaliados.

Estamos numa fase de constantes alterações, em que a sua carreira pode estar segura ou pode estar simplesmente por um fio. Muitas vezes não será resultado da sua acção, mas da movimentação do mercado.

Não podemos perder oportunidades de aprender.

É importante que esteja activo no mercado, que procure novas acções, que se envolva e promova o seu próprio crescimento. Lembre-se sempre que se não fizer por si, ninguém fará.

Procure recursos, formações e informações de forma a percorrer o seu próprio corredor de competências. Lembre-se que quando aproveita uma oportunidade para aprender está a construir o seu próprio caminho, está a criar as suas próprias oportunidades.

O processo de educação e formação não deve ser estanque e não deve encerrar nas nossas necessidades imediatas, deve ser algo dinâmico e atrevido.

Abra e feche portas do conhecimento e da competência. Construa o seu corredor e percorra-o a cada momento, a cada oportunidade.

Boas aprendizagens!

Carina Barbosa

Anúncios